segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Eterna busca...


“O meu mundo não é como o dos outros, quero demais, exijo demais, há em mim uma sede de infinito, uma angústia constante que nem eu mesma compreendo, pois estou longe de ser uma pessimista; sou antes uma exaltada, com uma alma intensa, violenta, atormentada, uma alma que tem saudade ... sei lá de quê!”


. Florbela Espanca .



Copiei daqui ó

Obrigada Sandra!

13 comentários:

lyani disse...

Eita... acabei de vir lá da Sandra... rs
E acabei de dizer que esta citação da Espanca é uma das minhas favoritas!!!!
Lindo!!!
Bjos,
Ly

Dani Cabrera disse...

Presente pra vc Ana.
Lá no meu BLOG!

Beijos!

Henrik disse...

Se tivesse vivido no início do século passado. Provavelmente ter-me-ia apaixonado por essa mulher, quem sabe não o tenha feito na adolescência. Há algo de magnífico nessa mulher, e esse excerto é perfeito porque identifico-me com absolutamente toda as palavras.

Sandra disse...

Aninha...
Que bom que gostou! ;-p
Essa citação é perfeita!
bjim,

Flavinha disse...

Sabe que acho até gostosa essa saudade não sei de quê? A gente comtinua buscando, buscando... e há até uma doçura nesse buscar, nesse esperar...

Linda semana pra vc, Aninha.

Beijos!

Caroline disse...

"uma alma que tem saudade ... sei lá de quê!"

florbela enquadrou aí muito de um profundo sentimento, que de tão grande, ainda não tem nome.

que graça tem a vida, sem esse anseio do desconhecido?

boa noite!! ;)

beijo.

Janaína S. disse...

Gosto de Florbela...
Gostei daqui...

adorei o blog :D
Parabéns!

Patrícia disse...

Gosto muito de Florbela...
Essa sitação é perfeita!!!
Beijão

dZ disse...

menina sedenta :P

Saldanha disse...

Maravilhoso post...
A propósito, quem busca algo, já encontra, então, uma boa busca a todos nós.
Abraço,

Tina disse...

Oi Ana Luisa!

Linda citação - ela sabia das coisas!

beijos e bom fim de semana,

Helena Nascimento disse...

'saudade ... sei lá de quê!'

Sempre sofri disso, meu pai.

:(

Di disse...

Uau, intensa! Espero que encontre logo o que busca fora e dentro de ti.
bjin