segunda-feira, 14 de abril de 2008

Sopros

Fim de semana de mal estar.
Sábado de dor no corpo.
Domingo de dor na alma.
Dias que me fizeram pensar ... relembrar ... sentir novamente ... rever imagens que pensava estar esquecidas em meu passado ... ouvir nítidamente uma música que marcou ... limitar mais uma vez a definição do sentimento final ... foi uma mescla de raiva, amor, saudade, carência, falência, paixão, respeito, desprezo, perdão ... ! E continuo sem saber qual é.
Dias da presença forte de lembranças ... os fantasmas que lembraram de soprar aos meus ouvidos.

6 comentários:

dZ disse...

As vezes algumas memórias voltam para assombrar...

Não pegue dengue :P

Mariah só Mariah disse...

as vezes uma simples m�sica pode ser o fato desencadeador de uma tempestade. um cheiro, uma cor, um beijo.
mariah

DOCESDEVANEIOS disse...

puxa..adorei o texto, mesmo!!
Ferreira Gullar, Clarice Lispector...cercada de boas companhias...obrigado pelo elogio,mas é apenas um trabalhinho publiciotario,rsrsrs...seu blog é deveras delicioso de ser lido...muito prazer, apareça prum café.bjs

DOCESDEVANEIOS disse...

ps - eu fiquei curioso por causa do "é a sua cara"...me deu aquela sensação de falar com alguém conhecido, sabe??..bem, de qalquer forma, mais uma vez, obrigado pelo carinho, ja esta linkada. bj

DOCESDEVANEIOS disse...

mais uma vez obrigado pelo elogio, vc é muito gentil..então..estou tentando juntar os caos de um fim e relacão bem dificil pra m im, como nunca havia sido até então...perdi a mulher da minha vida e a minha melhor amiga...mas a vida segue não é mesmo, entre mortos e feridos...
não tenho usado muito o msn por motivos emocionais mesmo, mas qndo vc entrar me avise pra papearmos um pouco.

bj

ocasodoacaso disse...

Deveria haver alguma dica mágica para dias assim.
Parece que eles custam a passar...