quinta-feira, 22 de maio de 2008

Hoje me peguei lembrando...

Passei por aquele lugar...
Qdo me dei conta estava cercada de lembranças que vieram à tona...

Lembranças que me deram saudades de um tempo único...

Me lembrei da primeira vez que ouvi tua voz, ainda por telefone...

De quando nos vimos pela primeira vez e vc estava nervoso, agitado...

Do primeiro telefonema em que vc me convidou para sair e fez meu coração disparar...

Me lembrei do seu cheiro que ficava em mim...

Do primeiro beijo, tão apaixonado, e do último com gosto de despedida...

Dos presentes que recebi...
Dos recadinhos perfumados que te escrevi...

Lembrei...[...]
Me lembrei do teu cuidado qdo eu sentia frio...

Das muitas palavras e juras de amor que se foram, mas que ainda latejam em meu interior...
Dos planos para uma vida a dois...

Dos domingos que vc chegava cedinho na minha casa, só pra tomar café comigo...

Dos teus telefonemas para avisar que tinha chegado em casa, depois de ter saído tarde...

Lembrei do bom dia que ouvia e que fazia meu sol brilhar, mesmo qdo estava nublado...

Lembrei dos teus carinhos em minhas costas...nos meus cabelos...

Do nome escolhido...

Da primeira vez que me levou pra jantar naquele lugar caro...

Lembrei do seu sorriso...

Da alegria em te encontrar...

Lembrei das coisas que escolhíamos juntos...
Das justificativas e explicações que me fizeram te amar...

Lembrei do seu olhar que parava meu pensamento, que lia minha alma...

Lembrei-me do que tínhamos planejado...

Do seu abraço protetor...
Dos seus olhares ciumentos....
Das angústias compartilhadas...

Revivi a angústia de não ouvir tua voz...
Revivi a angústia de ver seu carro virando a rua, deixando a incerteza de
qdo o veria novamente...

Lembrei-me que havia esquecido que o tempo passa, as pessoas mudam
e palavras são só palavras qdo ditas no calor do desejo...

Lembrei-me que fui fiel até o fim...

Lembrei-me que te amei como a nenhum outro e que na verdade não sei se deixei de amar...

Lembrei-me que preciso te esquecer...
Sei que preciso viver...
Agora caminho só...desejando encontrar quem me acompanhe...
Caminho para um alvo
[só eu sei qual]
Quem estiver caminhando em direção ao mesmo
vai me encontrar lá na frente...às portas de alcançá-lo...

Mais uma vez vieram as lembranças
...
Fantasmas que me sopram aos ouvidos coisas que nem quero saber...
.

7 comentários:

dZ disse...

uau

acho que sentimentos e lembranaças são genéricos, só mudam de endereço...

Bruno disse...

Oi Aninha!Teu blog é maneiro, cara de quem é apaixonado.
O inspirador leu esse texto e falou comigo.

Pense, analise tudo, pese o antes e o agora.
Bj.

poetriz disse...

*Lendo o comentário acima*

Uau, aninha!
Pensa bastante mesmo, analisa tudo direitinho e depois faz tudo diferente.
Tem mais graça agir pelo coração que pela razão, acredite.
Esse tipo de arrependimento dói menos...

Bjs!

Di disse...

Você fez sua parte no relacionamento, é o que importa.

Sandra disse...

Ana... viva simplismente! Siga seu coração e seja feliz! Muito feliz!!! bjus,

rancorizando disse...

E eu lembro o qto é difícil e dolorido esquecer. Aliás, não é exatamente esquecer, mas só deixar de gostar,não fazer mais parte e deixar de doer. Pq se foi bom, não precisa esquecer, deve ficar guardado nos cantos bacanas da memória.
:)

Bianca disse...

Oi aninha...
Um amor correspondido ou não vale a pena ser lembrado...
Ninguém vive sem AMOR...
Lembre-se disso!
Bjs
Bi