segunda-feira, 28 de abril de 2008

Conquista





"As pessoas entram
na nossa vida por acaso,
mas não é por acaso que
permanecem"




Existem pessoas que nos deixam felizes pelo simples fato de cruzarem nosso caminho, principalmente qdo essas pessoas ou uma parte delas, percorrem um pedaço desse caminho conosco, nos fazendo perceber determinadas coisas que não víamos e nos possibilitando enxergar o papel que ocupamos em suas vidas.

As palavras de ordem são semeadura e colheita.

Nossa vida é como um trem composto por inúmeros vagões, que são frequentados por nós, de acordo com as fases que vivemos. Em cada um desses vagões existem pessoas que pertencem a uma hierarquia, mesmo que involuntária de proximidade, mas não menos importantes. Nas estações em que este trem pára, algumas dessas pessoas descem e outras sobem [deixam um pouco de si, levam um pouco de nós]. Nenhuma substituída. Todas únicas.

Semeei e hoje colho frutos viçosos, maduros e doces. Não diria que todos são deliciosos, mas o que importa ter um arbusto com frutos amargos, se tenho um pomar sadio.
Ah!! Cheínho de borboletas..!




11 comentários:

rancorizando disse...

Claro que pode linkar! Te linkei lá tb!

bjones

ocasodoacaso disse...

Estou sentindo que preciso cuidar melhor do meu jardim...
Estou me sentindo só...
Mais abelhas do que borboletas, hehehe!

Beijos

Sandra disse...

Oi Ana Luisa,
Verdade, acredito que cada um tem alguma coisa para nos acrescentar e cada um é único e insubstituível em nossas vidas. E somos como diria Antoine de Saint-Exupéry, eternamente responsáveis à aquilo que cativamos. Algumas pessoas são menos próximas, menos íntimas... mais isso não quer dizer que sejam menos importantes.
bjkas,

Mariah disse...

uau...quanta metáfora.
até eu me perdi no pomar agora.
m.

DOCESDEVANEIOS disse...

oi querida amiga virtual,

to te devendo uma visita com mais calma né?..eu sei, culpa minha, mas ta meio louco tudo por aqui nos ultimos dias..mas sempre passando por aqui quando da um tempinho..um beijo grande

Mariah disse...

ahh...borboletas no estômago né?
Sinto cheiro de coisa nova no ar. Que delícia.
M.

Luma disse...

Contanto que essse arbusto fique quietinho no canto e não contamine o resto do pomar, tudo bem!! (rs*)
Vi que gostou da minha porta difícil! Legal! Beijus

bjomeliga disse...

Pode linkar sim, afinal pra que servem os blogs a não ser para serem linkados, hehe!
Beijo!
E ó, já que vc gosta de pinups. Dá uma olhada nesse site, tem umas boitas pacas:
http://www.btinternet.com/%7Ebrmerc/vargas/Vargas.html

Ana Paula disse...

Aninha,
apesar de não conhecê-la pessoalmente percebo em você alguém de palavras doces e postura delicada.
Agradeço cada visita que me faz. Eles tem o poder de estímulo e reflexão. Algo que precisamos ouvir de alguém que não nos conhece tão profundamente e que, por isso, tem maior alcance nas sugestões.
Volte sempre!
O jardim espera por você!
Beijso

FINA FLOR disse...

também penso assim, querida, e também semeio o mesmo ;-)

obrigada por sua visita e volte sempre que quiser

MM.

dZ disse...

Nossa, c ta melhorando. Gostei muito da analogia do trem :)

gostei de ANAlogia tambem, hehehehe :P (ta, fraquinha essa, eu sei)